Estudo conduzido por PWC e Associação Mundial de Jornais em sete países comparou a preferência das pessoas pelas mídias jornal e internet, com destaque para o primeiro

20/05/2009 – 15:48

A WAN (Associação Mundial de Jornais) e a consultoria PricewaterhouseCoopers lançaram estudo que comparam a preferência de consumidores, editores e publicitários entre as mídias jornal e internet. Segundo os dados da pesquisa, que envolveu 4.900 pessoas em sete países, os jornais são os preferidos por 69% das pessoas, contra 29% da internet. Se consideradas as faixas etárias, a preferência pelo jornal é de 60% no público entre 16 e 29 anos, 65% entre 30 e 49 anos e 73% entre 50 e 64 anos. Dos países pesquisados, o único que teve resultados mais equilibrados foram os Estados Unidos, onde a internet chega a 43% das preferências, contra 53% dos impressos.

As características que mais atraem no jornal são "visão rápida" e "cobertura aprofundada"; os que preferem o online dizem que "preferem ver primeiro as notícias", além de ter acesso a vídeos e visão rápida.

Um dado interessante é que as pessoas pesquisadas, cerca de 62% delas, se disseram propensas a pagar pelo conteúdo online, contra 100% que pagariam pelo impresso. A proporção da internet é maior entre os mais novos (menos de 29 anos), com 72% e menor entre os mais idosos, onde somente 45% pagariam por conteúdo na internet.

O estudo envolveu Canadá, Alemanha, França, Estados Unidos, Holanda, Suíça e Reino Unido, e será apresentado durante a conferência Poder da Imprensa, que ocorre nos dias 27 e 28 de maio em Barcelona.

Com informações de O Globo.  

 

http://www.meioemensagem.com.br/novomm/br/Conteudo/?Pesquisa_aponta_preferencia_por_jornais

Anúncios