Por Redação do IDG Now!

Rede social afirma que tem contratos publicitários com 83 das 100 maiores anunciantes norte-americanas, como Nike, AT&T e Johnson & Johson.

Mais de 80% dos anunciantes dos Estados Unidos estão usando o Facebook para promover suas marcas e produtos – uma mudança importante, que sinaliza que a rede social já se tornou uma plataforma promocional popular.

De acordo com reportagem publicada nesta segunda-feira no diário britânico Financial Times, o Facebook diz que tem contratos com 83 dos 100 maiores anunciantes dos EUA, como Nike, AT&T e Johnson & Johnson, de acordo com o ranking organizado pelo site AdAge, especializado em mercado publicitário.

“Todos os clientes querem conversar sobre o Facebook”, disse Ed Montes, diretor da Havas Digital, empresa que desenvolve campanhas online para clientes como a Sears, Expedia e Air France. “Não via esse tipo de ‘fervor’ desde o lançamento do Google”, disse ele ao Financial Times.

Um dos motivos pra isso é que, ao contrário dos anúncios tradicionais, com banners que pedem para que os internautas visitem um site, por exemplo, as propagandas no Facebook são mais discretas. Outro detalhe é que os anúncios facilitam a integração entre cliente e empresa. “O Facebook está tentando construir uma plataforma onde os consumidores e as empresas possam interagir de jeitos inovadores”, disse Montes. “Você pode desenvolver uma relação personalizada.”

Isso se traduz, por exemplo, em muitos usuários se tornando fãs de uma determinada marca. A rede norte-americana de cafeterias Starbucks, por exemplo, tem 3,7 milhões de fãs, enquanto a Coca-Cola tem mais de 3,5 milhões. Apesar de as empresas não pagarem para ter um perfil na rede social, Sheryl Sandberg, diretora de operações do Facebook, acredita que essa presença estimula as grandes empresas a anunciarem.

Atualmente, o Facebook conta com 340 milhões de usuários. Por ser uma companhia de capital fechado, poucas informações sobre a rede social são reveladas. O chief executive officer e principal executivo do site, Mark Zuckerberg, disse recentemente que espera que a rede social registre um crescimento de 70% no faturamento deste ano e se torne lucrativa já em 2010.

http://idgnow.uol.com.br/internet/2009/08/10/mais-de-80-dos-anunciantes-dos-eua-fazem-campanhas-no-facebook/

Anúncios