Receitas com pesquisa de mercado chegam a US$ 1,7 bi na região em 2008, um crescimento de 5,6%, o maior do mundo; pesquisas quantitativas representam 80% do mercado mundial

09/09/2009 – 15:38

O mercado de pesquisa de mercado na América Latina faturou US$ 1,7 bilhão em 2008, de acordo com o relatório anual Global Market Research Report, da Esoma, que teve resultados preliminares divulgados nesta terça-feira, 8. O valor representa uma alta de 5,6% na comparação com 2007, o que destaca a região frente às outras. "O crescimento sustentável em alguns mercados emergentes, especialmente a América Latina, foi encorajador", apontou em comunicado a presidente da Esomar Gunilla Broadbent.

A menção especial à região ocorreu porque as receitas obtidas no âmbito mundial pelas empresas com atividades de pesquisa de mercado chegaram a US$ 32,5 bilhões em 2008, um crescimento de apenas 0,4% na comparação com 2007. Vale ressaltar que estes dados consideram a inflação do período e, sem este índice em conta, o crescimento saltaria para 4,5% globalmente e para mais de 13% na nossa região.

O destaque negativo foi o mercado norte-americano, o maior do mundo e que responde por quase um terço de todas as receitas com pesquisa de mercado. Com ajuste de inflação, as receitas do setor no país caíram 2,1%, para US$ 9,6 bilhões. O mercado europeu teve alta de 0,9%, atingindo US$ 16,1 bilhões, sendo que Reino Unido e Alemanha foram boas exceções, ambos com crescimento de 2,5%. Mas mesmo a Ásia, antes acostumada a exibir bons índices, teve um crescimento irrisório para os padrões locais, de 2,1%, sempre desconsiderando-se a inflação.

Considerando-se a inflação, 28 dos 74 países pesquisados demonstraram queda nas receitas, incluindo 10 dos 25 maiores mercados.

Entre as metodologias, a quantitativa respondeu por 80% dos investimentos globais em pesquisa, sendo que a qualitativa representou 14%. Painéis e pesquisas secundárias obtiveram os 6% restantes. As pesquisas online e medições de audiência e tráfego também pelo online representaram 10% ou mais dos investimentos em um total de 22 países.

 

http://www.meioemensagem.com.br/novomm/br/Conteudo/?Investimentos_em_pesquisa_de_mercado_crescem_na_AL

Anúncios