Relatório da Symantec aponta o Brasil como segundo maior gerador de mensagens indesejadas do mundo

25/09/2009 – 10:23

Enquanto tenta provar que a internet é um canal que merece mais atenção, mais liberdade e mais investimentos, o Brasil acaba de assumir a segunda colocação no ranking dos países que mais geram spams no mundo, segundo relatório da Symantec referente aos meses de agosto e setembro. 

Responsável por 12% de todas as mensagens indesejadas que circulam na rede, o País estava na quinta posição no último relatório da empresa fabricante de sistemas de segurança. Agora perde apenas para os Estados Unidos, que respondem por 23% dos spams.

O terceiro lugar do ranking é ocupado pela Coréia do Sul (5%) seguida de Índia (4%) e Polônia (4%). Entre os países latino-americanos, Argentina e Colômbia também aparecem entre os dez maiores geradores de spam do mundo, tipo de mensagens que, de acordo com a Symantec, representam cerca de 85% de todo o conteúdo que circula pelo correio eletrônico globalmente.

 

http://www.meioemensagem.com.br/novomm/br/Conteudo/?Internet_brasileira_como_propagadora_de_spam

Anúncios