Serviços de valor adicionado tendem a ganhar maior relevância na receita das operadoras de telefonia celular

Mariana Ditolvo

30/09/2009 – 18:09

Com o mercado brasileiro de telefonia móvel perto de chegar à saturação no que diz respeito a novos usuários, os serviços de valor adicionado (VAS) representam uma nova e potencial fonte de receita para as operadoras. De acordo com pesquisa realizada pela Teleco sob encomenda da Acision – que presta serviços de mensagens em todo o mundo -, a receita das operadoras brasileiras com VAS foi de R$ 1,8 bilhão no segundo trimestre do ano.

Segundo o levantamento Mavam  Monitor Acision de Vas Móvel, a expectativa é que, até o final de 2010, o serviço de voz deixem de ser o carro-chefe das empresas de telefonia. Hoje o lucro ainda é dominado pela voz: 88% contra 12% de VAS. Essa é uma tendência mundial, mas que no Brasil ainda carece de informações mais detalhadas para deslanchar. Esses serviços podem fazer aumentar significativamente a receita média por usuário. Por essa razão realizaremos esse estudo trimestralmente no intuito de fomentar o desenvolvimento do mercado, diz Rafael Steinhauser, presidente da Acision para a América Latina.

Realizado nesse primeiro momento com uma amostra de 500 pessoas, os resultados são referentes ao mercado da capital paulista extrapolados para o estado de São Paulo. De acordo com o levantamento, 87% dos usuários de celular enviaram algum tipo de mensagem pelo celular nos últimos três meses, sendo a maioria absoluta formada por mensagens de texto (SMS). Para Rory Buckley, CEO da Acision, porém, o Brasil ainda está muito atrasado no que diz respeito ao uso de SMS, já que mundialmente esse serviço responde por 25% do lucro das operadoras.

Na categoria entretenimento, cerca de 50% dos entrevistados ouviram música no celular, 43% jogaram os games embarcados nos telefones, 4% assistiram a vídeos e apenas 1% assistiu televisão aberta. Já quando o assunto é internet, 9% afirmaram ter acessado a rede, percentual que sobre para 40% quando o usuário é dono de um smartphone. Mesmo assim, o acesso às redes sociais pelo celular foi feito por 70% dos usuários da capital paulista, sendo que 65% o fizeram para visitar seus perfis no Orkut.

Já a publicidade móvel é apontada como uma das principais tendências do setor. Cerca de 76% dos entrevistados contaram já ter recebido mensagens com promoções, a imensa maioria tendo a própria operadora como remetente. Já as iniciativas vindas de outros anunciantes representaram apenas 1% das respostas.

http://www.meioemensagem.com.br/novomm/br/Conteudo/?A_realidade_movel

Anúncios