Em cinco anos, as mídias digitais serão responsáveis por grande parte dos gastos com entretenimento e mídia – pelo consumidor final – e a publicidade online será dominante. Essas foram as principais conclusões da pesquisa "Global Entertainment and Media Outlook", da Price Waterhouse Coopers, apresentada nesta segunda-feira, 5 de outubro, durante o Mipcom. Segundo o estudo, em 2013, 78% do crescimento total dos gastos com entretenimento e mídia devem ser provenientes de mídias digitais e móveis. O gasto do usuário final com o digital foi de 23,4% do total do consumo de entretenimento em 2008.

Em relação à publicidade, que hoje tem uma fatia ainda pequena do bolo, as expectativas também são otimistas. "Em 2013, US$ 1 de cada US$ 5 serão gastos em publicidade online", afirma o líder global da área Entertainment e Media Practice da empresa, Marcel Fenez.

De acordo com o levantamento, os investimentos devem voltar a crescer tanto em publicidade como no gasto realizado diretamente pelo consumidor. O crescimento deve ser de 2,7% anualmente, chegando a US$ 1,6 trilhões em 2013.

Fonte: Tela Viva

 

Anúncios