da Folha Online

Gigantes da tecnologia como a Intel e o Google voltam sua atenção às montadoras de automóveis, para criar a próxima geração de "aparelhos irresistíveis" com internet, publicou o jornal "The New York Times" nesta quarta-feira (6). As empresas veem grande oportunidade de lucro na área.

Nesta semana, na feira Consumer Electronics Show (CES), as empresas demonstram projetos como telas de 10 polegadas acima da alavanca de câmbio mostrando vídeos de alta definição, mapas 3D e páginas na internet.

A primeira onda deste tipo de aparelhos atingirá o mercado neste ano. Enquanto sistemas de navegação eram somente restritas opções caras, os novos serão equipamento padrão em diferentes linhas de automóveis em breve.

O casamento entre automóveis e computadores tornará mais fácil verificar restaurantes próximos e álbuns musicais, por exemplo.

No entanto, os motoristas são avisados a não assistir vídeos e usar algumas funções enquanto o carro está em movimento.

Além disso, alguns especialistas chamam a atenção para grandes riscos de distração que o motorista pode sofrer, e consequentes acidentes.

"Isto é irresponsável", diz Nicholas Ashford, professor de tecnologias e políticas no Massachussetts Institute of Technology (MIT). "Infeliz e tristemente, esta é uma continuação da perseguição do lucro em prejuízo da segurança, para motoristas e pedestres."

http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u675813.shtml

Anúncios