Uma pesquisa global realizada pela CNN com 2.300 consumidores (POWNAR) revelou benefícios gritantes para as notícias que são compartilhadas via social media. Foi feita uma análise semiótica aprofundada, com técnicas avançadas de neuro-marketing para se chegar aos resultados. O projeto de pesquisa foi realizado a nível internacional, entre junho e agosto deste ano:

· 43% das notícias são compartilhadas através da mídia social. E-mail vem em segundo lugar, com 30%. SMS foi o terceiro (15%), seguido de mensagens instantâneas (12%).

· A regra 80/20 se aplica às conclusões. 27% de todas as pessoas que compartilham notícias representam 87% de todas as notícias compartilhadas.

· A média global de usuários compartilha 13 histórias por semana e recebe 26 histórias através de links compartilhados em mídia social ou e-mails.

· 65% do conteúdo compartilhado compreende histórias classificadas como acontecimentos.

· 19% por notícias de última hora.

· 16% do conteúdo compartilhado é categorizado como “esquisitos ou engraçados”.

Conhecer a tipologia do conteúdo compartilhado é significativo para que as informações possam ser usadas por agências como um guia para moldar a criatividade e, portanto, fazer a sua publicidade mais eficaz aos consumidores.

http://www.midiassociais.net/2010/10/43-das-noticias-on-line-sao-compartilhadas-nas-midias-sociais/

Anúncios