Em evento de apresentação da nova versão do sistema operacional, equipe mostra novas funcionalidades, recursos e fluidez de navegação

Nesta quarta-feira (2/2), a equipe do Android da Google apresentou algumas novidades do sistema operacional que vai rodar em tablets. Hugo Barra, o brasileiro responsável pela plataforma na empresa, apresentou alguns destaques e chamou convidados para mostrar as melhores funcionalidades do sistema.

Em termos de design, a versão Honeycomb 3.0 do Android feita, a princípio, apenas para tablets chega sem botões físicos, mas com novos botões virtuais para facilitar a navegação. Agora existe um botão multitasking, ou, multitarefas e outro de acesso às notificações. Aliás, essas notificações são menos invasivas e podem facilmente ser ignoradas ou acessadas.

Segundo Barra, a nova versão do Android foi feita para rodar aplicativos com perfeição, por isso que entre os novos recursos existe a possibilidade de arrastar e puxar qualquer fragmento dos apps. Tudo para melhorar a performance dos aplicativos e otimizar o tempo dos usuários. Em uma demonstração no Google e-Books, usuários poderão arrastar os livros para a área de apps e virar as páginas com muito mais realismo.

Outro ponto bastante comentado pelo brasileiro foi os gráficos em 3D, que foram desenvolvidos para trabalhar de forma bastante suave e fluida. O Google Body, nova ferramenta da empresa, é, de acordo com o executivo, “o Google Maps da anatomia humana”. Com ele, usuários enxergam um esqueleto em 3D e têm acesso a todos os nomes dos ossos do corpo humano. Além dele, o próprio Google Maps chega com navegação totalmente em 3D.

A parte de funcionalidades de mídia também traz uma experiência mais fluida e com recursos para tornar a navegação ainda mais rápida, simples e intuitiva. É possível gravar vídeos e disponibilizá-los automaticamente no YouTube, fazer videoconferências com amigos do Gtalk e usar atalhos para acessar os apps mais usados.

Entre os novos aplicativos, aliás, o da CNN chamou atenção por trazer streaming das matérias mais relevantes do momento e ainda possibilitar que os usuários contribuam com suas informações, mandando vídeos e fotos para o iReporter da CNN. O internauta grava vídeos e tira fotos direto do aplicativo e faz o upload em segundos.

Já no Android Market, as novidades foram ainda maiores, especialmente para os desenvolvedores, que terão maneiras mais flexíveis para monetizar seus apps e expor suas criações. Os usuários, no entanto, também terão mudanças na navegação para tornar a busca por aplicativos mais fácil e rápida. Agora, assim que o internauta comprar um app e isso for autorizado pela empresa de cartão de crédito, ele já faz o download automático no dispositivo. Além disso, ainda dá para compartilhar sua compra no Twitter, mandando o link do app para o microblog.

Quer conhecer um pouco mais do Honeycomb? Assista o vídeo de apresentação logo abaixo.

Anúncios