Organizações investem em serviços de marketing de busca fora de suas estruturas

José Saad Neto| ››

04 de Maio de 2011 • 09:00

As empresas com mais dinheiro no caixa estão ampliando o investimento na terceirização de seus sistemas de marketing de busca, aponta pesquisa da Sempo (Search Engine Marketing Professional Organization), divulgada em abril deste ano. Segundo o estudo, mais marcas estão delegando a outras empresas o orçamento de search marketing em 2011. Intitulado 2011 State of Search Marketing Report, o documento revela que o percentual de empresas que terceirizam o SEO (Search Engine Optimization) subiu de 39%, em 2009, para 66%, em 2010.

O termo SEO nada mais é do que a otimização de uma página ou de um site inteiro para melhor ser compreendido pelas ferramentas de busca. A consequência disso é que a página ficará melhor posicionada em um sistema de buscas, como o Google, o Bing e outros. “Eu acredito que isso seja indicativo de que há uma série de mudanças ocorrendo mais rápido do que em anos anteriores”, disse Marc Engelman, vice-presidente do comitê de pesquisa da Sempo.

A pesquisa mostrou ainda que o investimento para a promoção dos sites nos buscadores subiu para US$ 16,6 bilhões em 2010, comparado com 14,6 bilhões dólares em 2009. Para 2011, a projeção é expandir para US$ 19,3.

O estudo sugere que a ascensão da internet móvel é um dos fatores que mais deve impactar no crescimento dos serviços de otimização de busca. Cerca de 79% das empresas consideram investir em anúncios voltados para dispositivos móveis. Como já era esperado, o Google foi o motor de busca que mais atraiu investimentos provenientes do Search Engine Marketing e 95% das empresas revelaram que anunciaram no Google AdWords

http://www.proxxima.com.br/proxxima/search/noticia/20010430-Para-aparecer-mais–empresas-terceirizam-SEO.html

Anúncios