Qui, 19 de Maio de 2011 07:53 Redação

LikeStore inicia operações vendendo ingressos para shows.

O Facebook, maior rede social do mundo em número de usuários, ganhou no Brasil uma loja virtual, a LikeStore. O serviço permite a qualquer usuário ou empresa vender produtos diretamente pelo Facebook. A primeira loja dentro da LikeStore é a Show de Ingressos, que venderá entradas para a apresentação do cantor Jack Johnson em Recife.

A estréia da LikeStore no Brasil tem dois motivos principais, segundo a empresa. O e-commerce nacional registrou movimento de R$ 14,8 bilhões no País no ano passado, segundo o eBit. Além disso, quase 20 milhões de brasileiros utilizam o Facebook, número que cresce a cada dia. O Facebook espera realizar 150 mil transações no primeiro ano da LikeStore no Brasil, com um ticket médio de R$ 120 e movimento de R$ 18 milhões.

De início, o desenvolvimento de lojas para a LikeStore será restrito a grandes parceiros comerciais. “Já estamos em negociação com outras empresas interessadas em ter o seu F-Commerce, que é como chamamos este tipo de loja, nas próximas semanas”, diz Gabriel Borges, diretor da LikeStore e idealizador do serviço. “Agora é o momento para criar parcerias com marcas estratégicas para acostumar o brasileiro à ideia de comprar dentro de uma rede social”.

O serviço estará aberto para usuários comuns da rede social em breve, e eles poderão transformar suas fan pages em uma vitrine de produtos, colocando imagens e descrições. Ao fazer a adição de um produto o serviço envia uma mensagem ao seu mural, notificando a lista de amigos. Qualquer um (amigo ou não) poderá acessar a parte do perfil que foi transformada em e-commerce, escolher o que interessa e fornecer informações de compra.

Os usuários podem compartilhar também as compras que forem feitas. “Isso vai gerando um buzz, que é a grande característica das redes sociais”, comenta Borges.

No mundo, algumas plataformas já têm viabilizado o F-Commerce, mas no Brasil não havia nada nesse sentido. As poucas compras feitas entre usuários ainda funcionavam como na época do jornal, com um vendo um anúncio no mural do outro e negociando diretamente. “Isso é passado! Estamos inovando no e-commerce brasileiro”, afirma Gabriel Borges.

Tecnologia
Para possibilitar o serviço dentro de uma rede social, a Dextra Sistemas cuidou do desenvolvimento tecnológico da ferramenta. Para o gerente de negócios da Dextra, Marcos Alves, é importante para a empresa estar junto em um marco tão importante dentro da internet no Brasil. “O lançamento da LikeStore permite que empresas de todos os tamanhos possam adicionar, de forma ágil e efetiva, o social commerce em suas estratégias, alcançando seus consumidores onde quer que eles estejam. Pequeno, médio ou grande, é a hora de rentabilizar as redes sociais”, afirma.

Pagamento
A LikeStore oferece uma solução de pagamento disponibilizado pela MoIP Pagamentos. A solução traz funcionalidades tanto para o vendedor, quanto para o comprador. Para o vendedor, oferece uma análise na hora da compra, fazendo a gestão de risco do negócio e verificando rapidamente se há alguma fraude.

Para o comprador, a solução dá opção de parcelamento nas principais bandeiras de cartão de crédito, débito em conta ou pagamento via boleto.

http://www.metaanalise.com.br/inteligenciademercado/index.php?option=com_content&view=article&id=5018:facebook-lanca-servico-de-e-commerce-no-brasil&catid=11:estrategias&Itemid=360

Anúncios