E-Commerce News | 21/11/2011 – 15:10 PM | Comentários (0)

4 2

A maioria (63%) dos usuários de tablets adquiriu alguma mercadoria pela internet utilizando o seu dispositivo móvel, mais que o dobro do total (31%) de consumidores que fez o mesmo através de um smartphone, de acordo com um estudo apresentado em novembro de 2011 pela Jumptap e comScore. Dados do estudo “Wave Two of Understanding Mobile Audience” indicam que, embora a maioria das compras realizadas pelo e-commerce seja oriunda de computadores de mesa (83%), a parcela de usuários que faz uso de tablets para esta finalidade está se tornando cada vez mais representativa. Dentre os norte-americanos, 79% dos consumidores com idades entre 18-34 anos realizaram alguma compra através de um tablet, enquanto 89% fizeram o mesmo por meio de computadores de mesa e 51% a partir de smarpthones.

O documento ainda mostra que apesar de o comércio pela internet através de computadores de mesa ser uma atividade popular em todas as gerações, ela é mais segmentada entre os proprietários de tablets e smartphones. Aproximadamente metade (50%) dos proprietários de tablets com idades entre 35-54 e 43% entre os maiores de 55 anos utilizam seu aparelho para comprar em sites de comércio eletrônico, enquanto essa relação para smartphones foi de 27% e 12%, respectivamente.

Os resultados divulgados pela Jumptap são similares aos apresentados no início deste ano pelo e-tailing group e Coffe Table, no qual indicavam que os usuários de tablets são mais propensos que os de smartphones a comprarem e navegarem pela internet em bases diárias, semanais e mensais. O trabalho também revelou que os consumidores que fazem uso de tablets afirmaram em maior número que realizaram de 3 a 5, de 6 a 10 e 10 ou mais compras com seus aparelhos nos últimos seis meses.

Ainda segundo a JumpTap, os três produtos e serviços com maior popularidade entre os proprietários de dispositivos móveis são, respectivamente, entradas de eventos, ofertas diárias de sites como Groupon e Living Social, vestuário, viagens e cópias físicas de livros, jogos e filmes.

O número de visitantes únicos que acessou sites financeiros através de um dispositivo móvel aumentou 139% no ano a ano, enquanto a audiência a partir de computadores apresentou um acréscimo de apenas 16% durante o período. Além disso, enquanto no ano anterior cerca de 1 em cada 8 usuários de aparelhos móveis acessaram suas informações bancárias, de cartões de crédito, de seguros ou de corretoras, este ano a proporção chegou a 1 entre 6 usuários (37 milhões), o que representa um aumento de 36%.

O estudo também mostra que a maioria (66%) dos usuários de dispositivos móveis realizou alguma aquisição ou acessaram informações financeiras a partir de suas residências, enquanto a metade (50%) afirma ter feito o mesmo através de seus escritórios de trabalho. Outros 44% afirmam realizar atividades financeiras em seus dispositivos enquanto se encontram no interior de uma loja física, seguidos pelos que fazem a mesma atividade na casa de amigos (37%), em um bar ou restaurante (34%) e em shows e eventos (26%).

Outros resultados

– 14% do total de usuários de dispositivos móveis acessam informações financeiras.

– Usuários que fazem uso de serviços financeiros utilizam mais navegadores que aplicativos, enquanto 21% acessam suas informações bancárias através de aparelhos móveis todos os dias.

http://ecommercenews.com.br/noticias/pesquisas-noticias/tablets-ditam-o-ritmo-da-evolucao-do-mobile-commerce-nos-eua

Anúncios