E-Commerce News | 25/05/2012 – 15:13 PM | Comentários (0)

A WorldStream, fornecedora de software para SEO, divulgou uma nova pesquisa comparando a performance de anúncios publicados no Facebook com os da rede de display do Google. Os resultados foram compilados em um infográfico que faz uma avaliação dos dois modelos quanto aos seguintes critérios: o alcance de pessoas, o desempenho do anúncio, receitas e crescimento, os formatos do anúncio e as opções de segmentação. Assim, destaca-se do estudo:

-Tanto o Facebook quanto o Google possuem um alto potencial de penetração. De um lado o Facebook, com seus invejáveis 900 milhões de usuários mensalmente ativos, e do outro o Google, proprietário da maior rede de display de anúncios on-line do planeta.

– A taxa média de clique (CTR) de um anúncio na rede de display do Google é 0,4%, ou seja, quase 10 vezes maior do que a de um anúncio típico do Facebook. O CTR médio do Facebook não chega a 0,05%, cerca de metade da taxa média encontrada para os banners on-line, ao mesmo tempo em que os custos por 1.000 impressões estão crescendo.

– A rede de display do Google disponibiliza o dobro de formatos de anúncio do que o Facebook, incluindo anúncios em vídeos, em jogos para dispositivos móveis, anúncios em imagens no formato padrão, entre outros.

– O Facebook ainda não aceita veicular anúncios em dispositivos móveis. Além disso, possui menos opções de segmentação do que o Google.

Os resultados do estudo concluem, claramente, que o Google proporciona melhores índices aos anunciantes, tanto em relação às opções disponibilizadas quanto aos resultados gerados. Desse fato, compreende-se que o Facebook ainda tem um longo caminho a percorrer a fim de fornecer aos anunciantes soluções melhores no que diz respeito à publicidade.

Sendo assim, para Larry Kim, fundador e CTO da WordStream, até o momento, a plataforma de publicidade do Facebook não acompanhou o ritmo de crescimento intenso da rede social, assumindo a conclusão de que é uma incógnita ter sua fonte de renda dedicada apenas à publicidade. Segundo Kim, na carta aos acionistas deste mês, em mais de 2.500 palavras, Mark Zuckerberg mencionou “publicidade” apenas uma vez.

http://ecommercenews.com.br/noticias/pesquisas-noticias/anuncios-na-rede-de-display-do-google-supera-em-performance-os-do-facebook?utm_source=feedburner&utm_medium=email&utm_campaign=Feed%3A+ecommercenewss+%28E-Commerce+News%29

Anúncios