Por Redação Olhar Digital – em 19/09/2013 às 17h09


(Foto: Reprodução)

O Google estuda adotar um método próprio de coleta anônima de dados. Com isso, a empresa de internet que mais recebe dinheiro publicitário no mundo todo pode deixar de lado o uso dos cookies e se concentrar em uma plataforma que lhe pertence.

Isso é importante porque o Google detém 1/3 da receita publicitária mundial, que no total é de US$ 120 bilhões por ano. Se a companhia resolver mudar o jogo, é certo que a maioria dos anunciantes terá de segui-la.

Uma fonte anônima disse ao USA Today que a plataforma se chamará AdID e fará uma ponte direta entre internauta e anunciante, mas com controles melhores quanto à privacidade de cada um. Embora não tenha falado sobre isso ainda, o Google confirmou a ideia ao Wall Street Journal por meio de uma porta-voz.

Ela informou ainda que sua empresa não é a única a pensar em algo do tipo. “Nós e os outros temos uma série de conceitos nesta área, mas eles estão todos em estágios muito iniciais”, afirmou.

Anúncios